Faça do Brasileiros na Holanda a sua página inicial
Anuncie Aqui Anuncie Aqui
logo banner
 Clima   Traffic  moeda positivo Como anunciar
setinha Aprenda Holandês
setinha Classificados
setinha Como chegar
setinha Entrevistas
setinha Ferias escolares
setinha Forum de discussão
setinha Indique o site
setinha Integração Civil
setinha Livro de visitas
setinha Missas em português
setinha Promoções telefônicas
setinha Revista
setinha Turismo
setinha Viagem de menores
setinha Vídeos
Press award

COLUNAS
Leila Daufenbach - é formada em Letras, reside na Holanda desde 2005.
 
Curso Técnico com nível muito fraco precisa melhorar rapidamente
 
Data: 06/09/2010
 

 
Cursos Técnicos MBO com nível muito baixo terão o prazo de um ano  a partir de 01/08/2010 para que melhorem sua qualidade.
 
O Ministério da Educação da Holanda  não dará mais uma advertência, mas agirá imediatamente assim que a Inspeção de Educação julgar que um curso seja muito fraco. Marja van Bijsterveldt, secretária de educação, reage às reclamações  feitas no começo deste ano quanto ao número limitado e conteúdo das aulas, bem como como à escolha das disciplinas de alguns cursos. 
 
Essas novas medidas darão à secretária de educação a possibilidade de intervir rapidamente  em cursos técnicos de segundo grau, conhecidos como MBO, que tenham uma qualidade educacional insuficiente.
 
 
Antes as escolas ganhavam, após o período de um ano, depois de saberem que a qualidade não era boa, uma advertência oficial. Depois disso ganhavam um período de recuperação de dois anos para que a melhoria de qualidade acontecesse. Esse período de recuperação é agora reduzido a um ano. "Não tem mais desculpas, depois de um ano  tudo tem que  estar em ordem. Esse é um passo importante para assegurar aos alunos a qualidade dos cursos MBO", declara Van Bijsterveldt, secretária de educação. Caso seja comprovado que  após um ano  a qualidade do curso não melhorou, então a licença do Estabelecimento de Ensino poderá ser cassada.
 
Fonte: Ministério da Educação da Holanda
Share
 
Comente a coluna
Comentários



José Alberto - 10/09/2010
O governo holandês se importa com a educação formal dos seus cidadãos, já o governo brasileiro não. No Brasil há milhares de pessoas com curso superior que mal sabem assinar o nome, mas têm o diploma na moldura da sala. Uma pena que seja assim em nosso país.

Susana - 07/09/2010
Muito pertinente o texto ! Excelente para desmistificar a idéia de que TODO o sistema educacional daqui é muito bom e superior. Eu, fui porfessora no Brasil e , sinceramente, já me assutei com alguns absurdos daqui. No Brasil temos a desculpa do dinheiro mal empregado ou da ausência deste, mas, e aqui ?? Parabéns pelo tema abordado. Susana

Miriam - 06/09/2010
Bem que poderia ser assim tbem no Brasil. Mas a inspeção das escolas não se importa com o aprendizado dos alunos, qto menos sabem os alunos, melhor é para o governo!
Relacionadas:

 

Siga-nos Facebook Twitter Orkut
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
Revista:
revista

Video:


 
Importante: Todas as colunas são de única e exclusiva responsabilidade dos seus autores, não refletindo a opinião dos mantenedores deste portal.
setas
Site criado e mantido por Marcia Curvo.Todos os direitos reservados. Reprodução proibida ©2010.
Para anúncios ou sugestões entre em contato conosco por e-mail.
Telefone: (31) (0)6 18 200 641