Faça do Brasileiros na Holanda a sua página inicial
Anuncie Aqui Anuncie Aqui
logo banner
 Clima   Traffic  moeda positivo Como anunciar
setinha Aprenda Holandês
setinha Classificados
setinha Como chegar
setinha Entrevistas
setinha Ferias escolares
setinha Forum de discussão
setinha Indique o site
setinha Integração Civil
setinha Livro de visitas
setinha Missas em português
setinha Promoções telefônicas
setinha Revista
setinha Turismo
setinha Viagem de menores
setinha Vídeos
Press award

COLUNAS
Andre L. - Andre L. é natural de Ribeirão Preto, graduado em Administração de Empresas/Finanças pela USP, analista financeiro e research scholar atualmente vivendo em Tilburg
 
Transporte público na Holanda - OV Chipkaart
 
Data: 07/09/2010
 

Em 2009 o governo holandês iniciou a implantação do OV Chipkaart, um sistema de cartões com transmissores RFID que, no médio prazo, substituirá todas as outras formas de cobrança de tarifas na rede de transportes públicos da Holanda. Nesse post, explicaremos em linhas gerais como ele funciona e como afeta ou afetará a vida de quem mora ou vem a passeio à Holanda.
 
FUNCIONAMENTO BÁSICO
O OV Chipkaart é um cartão com transmissor de rádio embutido (não é um cartão magnético propriamente dito) que, ao ser aproximado de leitores e terminais próprios, pode ter seus dados alterados, valores carregados e subtraídos, e produtos adquiridos registrados e cancelados (como o desconto de 40% para viagens fora dos horários de pico ou planos de viagem mensal para trajetos definidos).
 
TIPOS DE CARTÃO
Há três tipos de OV Chipkaarten: anônimo, descartável e nominal. O cartão anônimo pode ser adquirido por € 7,50 e, como o nome indica, não vem com nenhuma indicação do seu proprietário. O cartão descartável vem pré-carregado com um único produto (como um passe de 48h para uso na rede GVV em Amsterdam, por exemplo) e não pode ser alterado, recarregado ou reutilizado. A forma mais comum do OV Chipkaart é o cartão nominal, emitidos pelas empresas de transporte para quem adquire passes, planos de desconto e outros produtos, ou a pedido do interessado; tem nome, fotografia, vale de 3 a 5 anos e permite que o usuário compre produtos de viagem ou pré-solicite recargas pela Internet. Pessoas em viagem devem usar, preferencialmente, o cartão anônimo se foram viajar pouco que seja no país.
 
USANDO O OV CHIPKAART COM DÉBITO POR VIAGEM
Um dos principais, senão o principal, uso do OV Chipkaart é como substituto de outros sistemas de cobrança, notadamente os  “Strippenkarten” para transporte urbano e os bilhetes impressos da NS para trens interurbanos. O OV Chipkaart, uma vez habilitado (a habilitação é automática no caso dos cartões anônimos), permite que o usuário debite suas tarifas apenas fazendo check-in e check-out ao usar meios de transporte. O sistema calcula automaticamente a distância viajada, o horário (para o caso de quem tem planos de descontos para viagem fora do horário de pico), o meio de transporte e debita a tarifa correspondente. Tecnicamente, ao se fazer check-in o valor debitado é bem maior que o provável gasto (€ 20 para NS 2ª classe, € 4 em transprotes urbanos), e ao se fazer check-out e calcular-se a tarifa, a diferença é restituída e o débito líquido é apenas aquele correspondente à tarifa. Enquanto o sistema antigo e ultrapassado de “Strippenkarten” trabalhava com o conceito de zonas tarifárias, o OV Chipkaart trabalha com cálculo por distância efetivamente viajada. No caso de conexões, as regras variam de acordo com o operador. Nos trens da NS e metrôs, só se faz check-in e check-out  nas estações no início e fim da viagem. Em ônibus e trams com terminais dentro dos veículos, deve ser feito check-in e check-out a cada conexão – ou seja, ao entrar ou sair de qualquer veículo.
 
USANDO O OV CHIPKAART  COM PRODUTOS DE VIAGEM
Todos os planos de descontos, tarifas especiais e assemelhados de viagem serão carregados e utilizados apenas em OV Chipkaart. Isso se aplica, por exemplo, às viagens livres para estudantes, planos de viagem por trajeto definido, plnaos de uso mensal em área definida, desconto de viagem de 40% fora do horário de pico, desconto para idosos etc. Progressivamente serão abolidos outros controles como carnês de papel e todos esses produtos de viagem estarão concentrados apenas no OV Chipkaart.
 
MÁQUINAS DE LEITURA
Há três tipos de máquinas habilitadas a ler e processar o OV Chipkaart. A primeira, e mais comum, são os terminais de check-in e check-out presentes em ônibus, trams, estações de metrô e trens. Basta aproximar o cartão para fazer check-in e check out nas mesmas. O segundo tipo são as máquinas de carga e recarga. Através das mesmas é possível carregar produtos comprados pela Internet no cartão (seja uma recarga de x Euros, seja um novo plano de descontos) ou comprar novos produtos de viagem na hora. Por fim, em número menor, temos as máquinas de consulta de saldo, que apenas permitem visualizar o montante disponível no cartão. É importante reforçar que as máquinas de check-in e check-out não tem conexão com o sistema de administração de produtos de viagem, ou seja, se vc solicitar uma recarga de € 20 online, o valor só será efetivamente carregado quando vc inserir seu cartão em uma máquina de carga e recarga para tanto. Idem para planos de viagem e/ou descontos comprados ou renovados – se não forem “carregados” no cartão, as máquinas de check-in e check-out não têm como reconhecer que eles existem. O OV Chipkaart NÃO é como um sistema bancário em que ao se inserir o cartão no caixa eletrônico o banco acessa todos os dados da sua conta para saber seu saldo.
 
DISPONIBILIDADE DE USO
O OV Chipkaart como cartão de carga de valores já está habilitado para uso em toda a rede de trens da NS, e é também o único meio possível para se usar o sistema de transportes em Amsterdam, Den Haag e Rotterdam. Os maquinistas de tram e motoristas de ônibus nessas três áreas ainda vendem cartões descartáveis para uma só viagem, mas eles custam bem mais caro do que usar o crédito debitado do OV Chipkaart. Viagens na NS feitas com OV Chipkaart são 5% mais baratas que aquelas realizadas com tickets de papel tradicionais. Nas outras áreas da Holanda, progressivamente o sistema vai sendo adotado, mas ainda é possível, para viagens avulsas, utilizar tickets impressos ou strippenkaarten. Quando todo o país estiver usando o OV Chipkaart, essas formas mais antigas de pagamento serão aposentadas e apenas os cartões serão admitidos como meio de pagamento do transporte público.
 
Para maiores informações, verifique o site http://www.ov-chipkaart.nl/ (versões em holandês e inglês)

Share
 
Comente a coluna
Comentários



Bertha - 07/09/2010
Ao contrario do que diz a materia, em Den Haag ainda existe strippenkaart.
Relacionadas:
    Não há colunas relacionadas

 

Siga-nos Facebook Twitter Orkut
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
Revista:
revista

Video:


 
Importante: Todas as colunas são de única e exclusiva responsabilidade dos seus autores, não refletindo a opinião dos mantenedores deste portal.
setas
Site criado e mantido por Marcia Curvo.Todos os direitos reservados. Reprodução proibida ©2010.
Para anúncios ou sugestões entre em contato conosco por e-mail.
Telefone: (31) (0)6 18 200 641