Faça do Brasileiros na Holanda a sua página inicial
Anuncie Aqui Anuncie Aqui
logo banner
 Clima   Traffic  moeda positivo Como anunciar
setinha Aprenda Holandês
setinha Classificados
setinha Como chegar
setinha Entrevistas
setinha Ferias escolares
setinha Forum de discussão
setinha Indique o site
setinha Integração Civil
setinha Livro de visitas
setinha Missas em português
setinha Promoções telefônicas
setinha Revista
setinha Turismo
setinha Viagem de menores
setinha Vídeos
Press award

COLUNAS
Clarissa Mattos - - Baiana de Salvador, administradora de empresas e pós-graduada em Marketing e E-Business, nos últimos anos tem atuado nas áreas de comunicação e marketing. Hoje mora em De Bilt e, além de música, cinema, literatura e fotografia, adora conhecer novas pessoas, lugares e culturas.
 
Amsterdam Roots: Uma noite de ritmo e de Brasil
 
Data: 19/06/2007
 

 

Foi com muito ritmo e energia que começou o Amsterdam Roots neste último sábado, 16 de junho. A décima edição do festival teve na sua noite de abertura três bandas do Brasil e ainda a holandesa Zuco 103, que traz a brasileira Lilian Vieira no seu comando. Mais de mil pessoas assistiram no Paradiso à vibrante percussão dos meninos do Batuque Batucada, o samba e a simpatia de Neguinho da Beija Flor, a mistura única e ultrabalançante do Zuco 103 e ainda o rap cheio de groove do BNegão e os Seletores de Frequencia.

As apresentações fizeram jus ao nome do evento, Ritmo do Brasil. O Batuque Batucada, grupo de percussão formado por jovens da favela Braz de Pina no Rio de Janeiro, além de encantar a todos presentes e cumprir o papel de abrir a festa, mostrou que os tambores também podem ser armas contra o tráfico de drogas e a falta de perspectiva. 

Liderados por Wagner, guitarrista do grupo Mano Mano, esses garotos tiveram as suas vidas transformadas pela música.

Neguinho da Beija Flor escolheu um repertório para balançar e matar as saudades da platéia brasileira. Sucessos como Aquarela Brasileira, do Império Serrano, Não Deixe O Samba Morrer, um clássico na voz de Alcione e ainda um passeio por outros ritmos como o forró, garantiram a empolgação do início ao fim do seu espetáculo. Com o público mais do que aquecido, entrou o Zuco 103 para dar uma pincelada de mestre com a sua alquimia sonora. Mesclando maracatu, afrobeat, drum'bass, samba dentre outras tantas batidas, a banda fez um show irretocável e ainda reservou mais uma atração: trouxe de volta ao palco, os garotos do Batuque Batucada no final da sua perfomance. E a festa não parou. BNegão e os Seletores de Frequência asseguraram a continuidade do balanço com o seu rap cheio de suingue e soul.

No domingo, 17/06, o festival seguiu ao ar livre com o Roots Open Air e atraiu a presença de aproximadamente 58.000 pessoas. Foram 7 palcos onde se apresentaram diversas bandas de várias nacionalidades. O Amsterdam Roots Festival segue até o dia 23/06, próximo sábado e os shows se dividirão entre o Concertgebouw, Tropentheater, Melkweg en Paradiso. Para consultar o programa ou para mais informações, acesse o site do festival: http://www.amsterdamroots.nl/

Share
 
Comente a coluna
Comentários


Relacionadas:

 

Siga-nos Facebook Twitter Orkut
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
Revista:
revista

Video:


 
Importante: Todas as colunas são de única e exclusiva responsabilidade dos seus autores, não refletindo a opinião dos mantenedores deste portal.
setas
Site criado e mantido por Marcia Curvo.Todos os direitos reservados. Reprodução proibida ©2010.
Para anúncios ou sugestões entre em contato conosco por e-mail.
Telefone: (31) (0)6 18 200 641