Faça do Brasileiros na Holanda a sua página inicial
Anuncie Aqui Anuncie Aqui
logo banner
 Clima   Traffic  moeda positivo Como anunciar
setinha Aprenda Holandês
setinha Classificados
setinha Como chegar
setinha Entrevistas
setinha Ferias escolares
setinha Forum de discussão
setinha Indique o site
setinha Integração Civil
setinha Livro de visitas
setinha Missas em português
setinha Promoções telefônicas
setinha Revista
setinha Turismo
setinha Viagem de menores
setinha Vídeos
Press award

COLUNAS
Clarissa Mattos - - Baiana de Salvador, administradora de empresas e pós-graduada em Marketing e E-Business, nos últimos anos tem atuado nas áreas de comunicação e marketing. Hoje mora em De Bilt e, além de música, cinema, literatura e fotografia, adora conhecer novas pessoas, lugares e culturas.
 
Ele chegou!
 
Data: 20/11/2007
 

 

No ano passado eu escrevi sobre ele, mas não fui ver a sua chegada. Este ano, vai ser diferente. Vou escrever o pouco mais que aprendi e trazer pra vocês algumas imagens desse evento.

Sinterklaas chegou dia 18/11 em Utrecht numa linda e fria tarde de domingo. Num barco e acompanhado com uma banda de fanfarra formada pelos Zwarte Piet (Pedros Pretos), ele veio pelos canais de Utrecht para o delírio das crianças. Fiquei impressionada com a quantidade de crianças. Todas excitadíssimas com a chagada do Bispo, que junto com os seus ajudantes, "Zwarte Pieten", trazem doces, bsicoitinhos de canela e muita alegria pra criançada.

 

O que descobri esse ano é que no passado, o Zwarte Piet também causava apreensão aos pequenos. Dizia a história que criança que não fosse bem-comportada, o Zwarte Piet colocava no saco e levava pra Espanha. Hoje, apesar da história permanecer nas canções, é pouco explorada. Afinal, o que todo mundo quer é manter a tradição, mas trazer somente o lado divertido da festa.

Assim como Papai Noel, o Sinterklaas traz presentes, mas são presentes mais simples; lembrancinhas. Ele vem na noite de 5 dezembro, véspera do seu aniversário, quando as pessoas cantam e fazem versos para os familiares. No dia seguinte, um saco com os presentes e doces típicos é deixado para as crianças na porta de casa.

Vou confessar a vocês: quase que dou um tchauzinho pro velhinho. A euforia das crianças é contagiante. Todas cantando as músicas típicas e vestidas como os Zwarte Pieten. Como gosto de ver de tudo e conhecer o máximo possível, valeu super a pena ver de perto mais essa faceta da cultura holandesa.

 

Ouvi algumas pessoas comentando sobre a figura do Zwarte Piet ser discriminatória. Confesso que cheguei a pensar no assunto. Será que figura do boneco pintado de negro estimularia a subserviência ou discriminação? Depois que vi a adoração das crianças pelo personagem, acho que para elas pouco importa se ele é azul, amarelo, preto ou vermelho. Vejo-o como uma figura do folclore, da cultura do país. Como temos o nosso saci, o negrinho do pastoreio, a baiana de acarajé e tantos outros.

Share
 
Comente a coluna
Comentários



maria Celia Sousa - 07/12/2012
Clarissa, amei a sua reportagem, pois voltei no tempo em que eu estive ai na Holanda, eu também conheci o sinterklaas pessoalmente confesso que eu me senti uma criança porque a euforia é muito contagiante mesmo, tenho muita saudade deste País maravilhoso, um abraço
Relacionadas:

 

Siga-nos Facebook Twitter Orkut
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
Revista:
revista

Video:


 
Importante: Todas as colunas são de única e exclusiva responsabilidade dos seus autores, não refletindo a opinião dos mantenedores deste portal.
setas
Site criado e mantido por Marcia Curvo.Todos os direitos reservados. Reprodução proibida ©2010.
Para anúncios ou sugestões entre em contato conosco por e-mail.
Telefone: (31) (0)6 18 200 641