Faça do Brasileiros na Holanda a sua página inicial
Anuncie Aqui Anuncie Aqui
logo banner
 Clima   Traffic  moeda positivo Como anunciar
setinha Aprenda Holandês
setinha Classificados
setinha Como chegar
setinha Entrevistas
setinha Ferias escolares
setinha Forum de discussão
setinha Indique o site
setinha Integração Civil
setinha Livro de visitas
setinha Missas em português
setinha Promoções telefônicas
setinha Revista
setinha Turismo
setinha Viagem de menores
setinha Vídeos
Press award

COLUNAS
Vanessa van Doornik - A paulistana Vanessa van Doornik, 32 anos, é jornalista e professora de inglês. No Brasil, atuou na área de assessoria de imprensa, radialismo e ensino de idiomas. Reside na província de Zeeland desde de Dezembro de 2009 e atualmente trabalha na área financeira, embora sua paixão seja o jornalismo, “uma doença incurável”, segundo ela.
 
Prefeito de Terneuzen quer venda de maconha reduzida a 2 gramas
 
Data: 25/09/2010
 

 

 

Em breve, se depender do prefeito Jan Lonink, o coffeshop ‘Miami’ em Terneuzen terá permissão para vender apenas 2 gramas de maconha por pessoa. Atualmente a quantidade permitida na cidade é de 3 gramas, um pouco menos do que o padrão nacional. Já que em todo o país é permitida a venda de 5 gramas de maconha por pessoa.

Turismo da droga

O prefeito Lonink espera que essa medida desencorage ainda mais o turismo da droga em Terneuzen. Esse turismo sofreu uma queda com o fechamento do mega coffeeshop ‘Checkpoint’ em 2008. No entanto, pesquisas em 2009 mostraram que o número de visitantes de outro coffeeshop que ainda permace na cidade aumentou. Na primavera de 2009 foram 470 visitantes por dia e no outono 600. Foi comprovado que três quartos desses visitantes ainda são turistas estrangeiros. O coffeshop ‘Checkpoint’ costumava receber mais de 2000 visitantes por dia.

Padrão 2 gramas

 O padrão 2 gramas já havia sido estipulado em uma sentença judicial sobre o coffeeshop ‘Checkpoint’ em Terneuzen. De acordo com a justiça, os turistas estrangeiros só poderiam comprar 2 gramas de maconha por pessoa. Ainda não se sabe se o coffeeshop ‘Miami’ concorda com a exigência do prefeito Lonink.

Sistema de cartão
Lonink queria que o incômodo do turismo da droga fosse em princípio combatido com o sistema de cartão. Os Coffeeshops poderiam vender apenas as drogas leves aos membros cadastrados que apresentasem um cartão e a identidade. E um cliente poderia comprar no máximo 3 gramas por dia. Agora, no entanto, o prefeito acredita que o padrão 2 gramas é o mais eficaz.  

Apenas visitantes locais
Com essas medidas, o prefeito de Terneuzen quer assegurar que somente clientes locais visitem o coffeeshop. Em breve, Lonink tomará uma decisão definitiva sobre a adaptação de políticas de tolerância à drogas leves na cidade.

Share
 
Comente a coluna
Comentários



Miriam - 25/09/2010
Por mim poderiam fechar logo esses coffeeshops. Obrigada por nos deixar informadas, creio que aos poucos eles vão acabar proibindo o funcionamento desses recintos.
Relacionadas:

 

Siga-nos Facebook Twitter Orkut
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
Revista:
revista

Video:


 
Importante: Todas as colunas são de única e exclusiva responsabilidade dos seus autores, não refletindo a opinião dos mantenedores deste portal.
setas
Site criado e mantido por Marcia Curvo.Todos os direitos reservados. Reprodução proibida ©2010.
Para anúncios ou sugestões entre em contato conosco por e-mail.
Telefone: (31) (0)6 18 200 641