Faça do Brasileiros na Holanda a sua página inicial
Anuncie Aqui Anuncie Aqui
logo banner
 Clima   Traffic  moeda positivo Como anunciar
setinha Aprenda Holandês
setinha Classificados
setinha Como chegar
setinha Entrevistas
setinha Ferias escolares
setinha Forum de discussão
setinha Indique o site
setinha Integração Civil
setinha Livro de visitas
setinha Missas em português
setinha Promoções telefônicas
setinha Revista
setinha Turismo
setinha Viagem de menores
setinha Vídeos
Press award

COLUNAS
Rodolfo Torres - Rodolfo Torres - Graduado em comunicação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), é jornalista e redator. Mora em Brasília desde 2005 e trabalha cobrindo política nacional.
 
Congresso anuncia redução de passagens aéreas para parlamentares
 
Data: 23/04/2009
 

 

Após intensa pressão, Câmara e Senado anunciaram nessa quarta-feira (22) a redução de passagens aéreas aos congressistas. O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), confirmou que o uso da cota de passagens aéreas será limitado apenas aos parlamentares. Além disso, somente viagens dentro do país serão permitidas. 
Por sua vez, no Senado, a tarefa de anunciar medidas semelhantes às adotadas pela Câmara ficou com a senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), tendo em vista que o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), preferiu não fazê-las. 
 
“A pressão vem de todos os lados, e ela é legítima. Isso é uma resposta a essas manifestações. É um movimento importante para promover uma reconciliação com a opinião pública”, disse Temer, ressaltando que a medida vale para o futuro. Além disso, o peemedebista tranqüilizou seus pares ao destacar que a Casa não vai cobrar o ressarcimento de mais de R$ 4 milhões. “Não houve ilícito de nenhuma natureza. Aqueles que utilizaram sem que houvesse regra clara não cometeram ilícito”, explicou.
 
No Senado, o ato normativo ressalta que “fica extinta a cota mensal de custeio de locomoção utilizada a critério discricionário de cada senador”. “Fica criada a verba de transporte aéreo dos Senadores, correspondendo a 5 trechos aéreos, ida e volta, da capital do Estado de origem a Brasília”, afirma o segundo artigo do ato. 
 
O deputado Silvio Costa (PMN-PE) protestou contra a decisão da Mesa Diretora da Câmara. De acordo com Silvio, a decisão de Mesa é “acuada”. Para o congressista, o deputado deve usar a sua cota para transportar o cônjuge e os filhos. “Quer dizer que eu venho para Brasília e minha mulher fica lá?”, questionou. 
 
Com a polêmica, o presidente da Câmara afirmou que levará a questão para ser decidida no plenário. Conforme ressaltou o peemedebista, o plenário “é soberano”. Deputados favoráveis à mudança pretendem entrar na Justiça caso a maioria decida não mudar os critérios para uso da cota de passagens aéreas. 
 
De acordo com um levantamento exclusivo realizado pelo site Congresso em Foco, dos 513 deputados, 261 tinham usado a cota de passagens aéreas para bancar viagens ao exterior. Destinos como Miami, nos Estados Unidos, Milão, na Itália, e Paris, na França estão entre os prediletos .
Share
 
Comente a coluna
Comentários


Relacionadas:
    Não há colunas relacionadas

 

Siga-nos Facebook Twitter Orkut
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
publicidade publicidade
Revista:
revista

Video:


 
Importante: Todas as colunas são de única e exclusiva responsabilidade dos seus autores, não refletindo a opinião dos mantenedores deste portal.
setas
Site criado e mantido por Marcia Curvo.Todos os direitos reservados. Reprodução proibida ©2010.
Para anúncios ou sugestões entre em contato conosco por e-mail.
Telefone: (31) (0)6 18 200 641